sexta-feira, 25 de abril de 2008

EXTRA, EXTRA!

Acho que com a foto vende mais.
O jornaleiro está cedo na labuta.
Carregando uma pilha de acontecimentos conduz a bicicleta pela rua principal da feira. Na banca do seu João a venda é certa.
Ainda mais com aquela gente se aglomerando.
O que está acontecendo?
POLÍCIA!
Alguém gritou.
De dor.
Chegou com sua bicicleta.
Mataram seu João!
A enorme faca de cortar melancias foi a arma do crime.
Deixe onde está! O corpo e a faca.
Chamem logo a POLÍCIA.
Alguém viu alguma coisa?
Não vi ninguém correndo.
Nem eu.
Será que ele está por perto?
E entre eles o assassino mal podia olhar o corpo.
Cubram este homem!
Com que?
Pega um jornal.
Cara larga isso. Esse jornal é novo.
E o jornaleiro empurrou o assassino sem notar que vinha o caminhão de verduras.
E foi um banho de sangue.
Acho que com a foto vende mais.

3 comentários:

L... disse...

Como sempre você me surpreendendo com suas crônicas urbanas...amo muito tudo isso.
"Acho que com a foto venderia muito mais..."

L... disse...

Qual é o nome do assassino de seu João?

Barelyely disse...

Anônimo like us...