quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Vazio, vazio

Sempre soube que ele iria sem avisar esvazia tudo que um dia sentia e doía.
E no vazio não cabe, nunca coube, nunca soube se um dia caberia.
Pois a cama com um só não pode ser se não vazia






e fria.






vazia e fria.













P.S.:

3 comentários:

Wellington Souza disse...

Realmente, um só não conta. Se uma árvore cai na floresta e ninguém a escuta, ela faz barulho?

Andressa m disse...

Sei bem...

Tudo sobre vazios muito cheios...

eu realmente gostei do seu blog.

Mari Araujo. disse...

Aaaaaaa Elyyyyy...
oq dizer?? palavras certamente seriam vazias...

=(

Returning for your blog!!!

love U!